Auroras em Marte proporcionam revelação inesperada

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Foto: © Foto / NASA/Nick Hague

Um estudo revelou que as auroras captadas no Planeta Vermelho são um fenômeno natural comum em Marte, além de poderem ajudar a entender a perda de água na atmosfera do planeta.

A aurora é um fenômeno natural muito comum em Marte e, tal como as auroras na Terra, é formada quando os ventos solares interagem com a atmosfera.

O fenômeno poderia ajudar a compreender o clima em Marte e suas mudanças, incluindo a perda de água no planeta, segundo especialistas.

“As observações das auroras de prótons em Marte proporcionam uma perspectiva única do hidrogênio e da perda de água do planeta” afirmou Edwin Mierkiewicz, físico da Universidade Embry-Riddle à edição Science Alert.

As auroras são formadas quando os ventos solares atingem uma enorme nuvem de hidrogênio em torno de Marte, e os prótons carregados positivamente se neutralizam ao retirar elétrons dos átomos de hidrogênio.

Talvez um dia, os viajantes que chegarem a Marte durante o verão do sul tenham lugares na primeira fila para observar a aurora de prótons de Marte. Nossa sonda MAVEN detectou essas luzes ultravioletas que surgem durante o dia e o que elas podem revelar sobre as mudanças climáticas de Marte.

A NASA explica que as auroras de prótons ocorrem frequentemente durante as observações diurnas do Planeta Vermelho, por isso, o aquecimento no verão e a atividade da poeira faz com que o vapor d’água suba a altitudes elevadas, onde a luz ultravioleta do Sol é dividida em hidrogênio e oxigênio. A espessa nuvem de hidrogênio na atmosfera aumenta as auroras de prótons.

O hidrogênio leve, que está debilmente ligado pela gravidade de Marte, faz crescer a coroa de hidrogênio em torno do planeta, aumentando a perda de hidrogênio para o espaço.

A aurora marciana foi identificada pela primeira vez em 2016, pela sonda MAVEN.

Sputnik

OUTRAS NOTÍCIAS