Tempo - Tutiempo.net

Bolsonaro: arauto da desgraça e desalento do povo brasileiro/ Por Sérgio Jones

O arauto da desgraça

Data de primeiro de julho de 2022 é o que podemos considerar como um dia aziago para o município de Feira de Santana.

Pois trata-se de uma data em que nada se tem a comemorar com a visita do presidente Genocida Jair Bolsonaro (PL).

Que ao lado da Covid -19, que se alastrou pelo mundo, um ano após a ascensão do mandatário. Ambos juntos, tem algo em comum, conseguiram a proeza macabra de serem considerados como os dois grandes infortúnios que se abateram sobre a humanidade, no início deste século.

O primeiro impacto aconteceu com a ascensão do atual presidente Jair Bolsonaro, em 2018, desde então ele e sua trupe vêm sinistramente articulando o desmembramento das instituições sociais do país.

Gerando dor e desalento que já ceifou milhares de vidas do povo. Povo este, que foi sistematicamente, de forma perversa, colocado sob o jugo cruel do flagelo da fome.

Também é responsável por sua prática criminosa diante das medidas que deviam, mas não foram adotadas, no que concerne ao combate da pandemia.

A postura abraçada por esse governo negacionista e totalmente omisso resultou em quase um milhão de brasileiros mortos. A ele deve ser imputado como a primeira praga imposta ao brasileiro que antecedeu como prenúncio do mal, antes da instalação da pandemia.

Diante do exposto podemos e devemos considerar este governo como arauto da desgraça e responsável pela implantação, de forma sistemática, do flagelo da fome que se alastra por todo território nacional.

Não bastasse a desgraça da Covi-19. Bolsonaro prossegue em sua cruzada da morte. Dessa vez, sob o pretexto de dar ordem de serviço para a implantação do rodanel que irá interligar quatro BRs, passando pela região de Feira de Santana.

Nos visita para fazer campanha presidencial ao promover uma vã tentativa em se reeleger para que possa continuar dando andamento na sua sanha doentia e demoníaca para que prossiga a promover o mal.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS