Tempo - Tutiempo.net

Bolsonaro com seu troca-troca conseguiu transformar o Brasil em um hospício/ Por Sérgio Jones

Troca-Troca no hospício de Bolsonaro

O psicopata genocida presidente brasileiro Jair Bolsonaro, nesta segunda-feira (29), anunciou seis mudanças no alto escalão do governo. Dentre as trocas, Ernesto Araújo será substituído por Carlos Alberto França no Ministério das Relações Exteriores.

Tais mudanças não alteram em nada a esculhambação que reina em todo o país, desde que essa corja de pilantras assumiu o poder.

Mudança efetiva mesmo só ocorrerá com o afastamento, de uma vez por todas, depois de cortarem a cabeça da serpente do jair Bolsonaro, e por extensão as pretensões de seus delinquentes seguidores.

Seres infectos que assomaram ao poder devido um acidente de percurso histórico.

Com o afastamento de Ernesto Araújo, considerado como um emérito fascista de carteirinha, uma espécie de nacionalista, religioso, antiglobalista e de extrema direita. Esse tipo de ave que deixou de ser considerada rara, no cenário brasileiro, se tornou abundante no atual desgoverno negacionista.

A exemplo de tantos outros ocorridos, nada muda. A nossa triste e intolerável realidade permanece a mesma.

De acordo com apreciações feitas por alguns analistas internacionais, embora o substituto de Ernesto Araújo, Alberto França seja portador de um perfil oposto ao seu antecessor. A situação deve permanecer a mesma.

A situação é similar ao comportamento adotado pelo marido traído que ao encontrar a mulher fornicando no sofá, ele troca o mesmo, mas o problema permanece.

O Bolsonaro está entregando os anéis na tentativa de preservar os dedos. Não basta o Carlos Alberto França ser considerado moderado, pragmático, não ser ideológico e discreto.

Pelo simples e lamentável fato de quem faz na verdade a política externa é o presidente. Resta saber se o substituto vai querer traçar uma política externa que vai desagradar a bestial figura presidencial.

Se optar por esta opção poderá a passar ser chamado ou conhecido como Carlos Alberto França, o Breve.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS