Tempo - Tutiempo.net

Bolsonaro: peste mais letal que o Covid-19/ Por Sérgio Jones

Vem prá rua

O desgoverno do Capitão Cloroquina e seus sequazes está causando mais estragos à nação brasileira do que a Covid-19. Pelo menos é o que acredita, parte considerável da população do país.

Perda histórica ocorreu no ano de 2020, marcado pela crise de um desgoverno com profundo e visíveis desequilíbrios moral associado com sua incapacidade intelectual para administrar um país de dimensões e com elevado grau de complexidade do nível do Brasil.

As medidas equivocadas adotadas pelo inexpressivo exmilico das forças armadas do Brasil, tem resultado em estragos consideráveis na economia. O desastre é o mesmo no que concerne ao combate do coronavírus.

O governo negacionista diz se tratar de uma gripezinha. Gripizinha esta, que já resultou na morte de mais de um quarto de milhão de brasileiros.

Por trás das aparências, a estratégia agendada pelo meliante mandatário presidencial objetiva estender a crise da pandemia, até o próximo ano 2022.

Ano eleitoral, quando ele pretende bancar o “salvador da pátria’ providenciando a compra de vacinas e imunizando em massa toda a população. Com essa medida, o maléfico pisando sobre milhares de cadáveres, pretende ganhar a simpatia do incauto eleitorado e garantir a reeleição dele. Se utilizando das máximas de Nicolau Maquiavel: “Uma mudança sempre deixa caminho aberto para outras”.

Enquanto isso, a condução da economia desastrosa desse desgoverno vem causando estragos consideráveis no PIB. Só no primeiro trimestre do ano de 2020, segundo avaliação de especialista da área financeira, sofreu uma queda de 1,5%, afetando em cheio o indicador no segundo trimestre, com uma queda histórica de 9,7%.

O que nos leva a considerar que os índices da melhoria, conforme prega e insiste o neoliberal ministro Paulo Guedes, tem chances reais de crescimento. Possivelmente tipo de crescimento que ocorre com a cauda do cavalo, cresce sempre para baixo.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS