Bolsonaro tem um projeto: eliminar pobres e idosos pela fome e pandemia/por Carlos Lima

A verdade sobre o desgoverno Bolsonaro não consegue mais esconder o seus fúnebres propósitos. Eliminar idosos e pobres utilizando a desculpa da pandemia.

É assim que procede em todas suas ações para combater a disseminação do vírus. E daí.

Outro propósito é levar o país á condição do Alasca, território comprado pelos EUA. Nunca duvidei dessa intenção. Bater continência para a Bandeira dos Estados Unidos da América do Norte foi à prova mais explícita e subserviente que ele podia demonstrar para confirmar suas intenções.

O povo brasileiro sequer percebe que a insustentabilidade social e, sobretudo, ambiental deste modelo bolsonarista e bandido, estão destruindo também a sustentabilidade comercial e industrial do país.

O sofrimento maior virá com o despertar social, comercial e industrial das forças de produção, que sistematicamente estão sendo desmontadas, imobilizadas e destruídas por um governo de viés neofascista.

Uma tendência que se avoluma nos mercados internacionais é de que se fechem ou dificultem as exportações dos produtos agrícolas do Brasil por causa de questões ambientais, forçando uma dependência econômica bem maior, como já acontece com os derivados do petróleo.

Outro fator que comprova essa política de terra arrasada é a grande resistência e inviabilização do Mercosul/União Européia. Fato que consolida as intenções de Bolsonaro em se aprofundar no  processo “alasquiano”, já em curso.

Sabe qual será o grande legado de Bolsonaro para o país e seu povo. Fome, fogo nas florestas, pântanos. serrados; mortes pelo coronavírus, e, um território de governo supervisionado pelo EUA.

Quem diante da morte do seu povo diz que não é coveiro. Dele o que se pode esperar?

A política neoliberal adotada por Bolsonaro e Guedes, já está gerando carestia e abrindo condições para o desabastecimento, na situação atual de imensa desvalorização cambial, o povo não resistirá por muito tempo.

Como disse o jornalista Sérgio Jones, é preciso cortar a cabeça dessa serpente.

Carlos Lima

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS