Tempo - Tutiempo.net

Carlos Bolsonaro desafia militares e intervém em compra de aparelho espião

Arapongagem do 02

O vereador pelo Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), está desafiando autoridades do alto comando militar.

O 02 quer comprar um aparelho de espionagem, capaz de invadir celulares e computadores de críticos de autoridades.

Há um edital de licitação, do Ministério da Justiça, no valor de R$ 25,4 milhões, que acontecerá nesta quarta-feira (19).

O objetivo é comprar um aparelho de espionagem chamado Pesagus, desenvolvido pela empresa NSO Group, de Israel.

No entanto, diferentemente de editais parecidos e apesar de se tratar de um aparelho de inteligência, o processo não envolve o Gabinete de Segurança Institucional nem a Abin (Agência Brasileira de Inteligência) nas tratativas.

Na teoria, os órgãos seriam diretamente beneficiados pelo novo aparelho de espionagem.

O Pegasus foi criado para acessar computadores e celular de jornalistas e críticos de governados.

Segundo o Uol, Carlos Bolsonaro quer diminuir a atuação dos militares dos órgãos de inteligência. Ao lado do ministro da Justiça, Anderson Torres, o 02 articulou uma forma de deixar o GSI de fora da licitação.

O Gabinete de Segurança Institucional, que está acima da Abin, é chefiado por Augusto Heleno, um militar.

Fontes ouvidas pelo portal explicam que Carlos Bolsonaro quer usar a estrutura do Ministério da Justiça, além da Polícia Federal, para criar uma “Abin paralela”. Procurado pelo Uol, Carlos Bolsonaro não respondeu os questionamentos sobre o assunto.

O Ministério da Justiça e Segurança Pública, por sua vez, alegou que o processo de licitação tem como objetivo a “aquisição de ferramenta de busca e consulta de dados em fontes abertas para ser usado, pelo ministério e órgãos de segurança pública, nos trabalhos de enfrentamento ao crime organizado”.

A pasta ainda negou que a licitação tenha relação com o sistema Pegasus.

Yahoo

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS