Tempo - Tutiempo.net

Congresso brasileiro conta com 300 picaretas com anel de doutor/Por Sérgio Jones

Os 300 picaretas

Mais uma vez a história mostra que ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva tinha e continua tendo razão, quando em tempos idos, constatação feita em 1993,, depois de ter sido, por quatro anos, deputado constituinte.

Declarou ele, que o Congresso brasileiro era composto por mais de 300 picaretas que defendem apenas os seus próprios e mesquinhos interesses.

Mesmo diante dessa brutal e verídica constatação, não se pode nem se deve deixar de destacar e reconhecer a existência de uma minoria que se preocupa e trabalha pelo país.

Passada quase três décadas depois o quadro em nada mudou e muitos acreditam até que se agravou, ainda mais.

De volta ao presente, dentre outros os projetos aprovados nesse final de ano de 2021, pelo congresso. Destaque para o que acrescentou uma reserva de R$ 1,7 bilhão para reajuste de policiais, demanda de caráter nitidamente eleitoreiro do presidente genocida, Jair Bolsonaro.

Outro que merece uma atenção especial é com relação aos R$ 16,5 bilhões destinados para emendas do relator, cujo destino é desconhecido.

A proposta impudica deve ser sancionada pelo presidente da República, podendo ainda sofrer vetos. Os projetos aprovados para 2022, vão gerar despesas em torno de R$ 4,823 trilhões, o que implicará em um déficit primário de R$ 79, bilhões.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS