Do que o governo de Colbert e seus aliados têm medo? / Por Sérgio Jones

Se tornou comum quando o político demonstra ter um ponto fraco se dizer que ali é o calcanhar de Aquiles. Expressão criada para designar o ponto fraco de alguém.

Quando se trata do governo do prefeito de direito e não de fato, Colbert Martins, e de seu grupo político que se encontra aboletado no poder por mais de duas décadas, os casos de escândalos financeiros se avolumam como do transporte coletivo, lixo, entre outros.

Sendo um dos mais relevantes ocorrido recentemente na área de saúde, onde foi desviado mais de cem milhões de reais e até o presente momento a situação continua pendente sem que a justiça faça justiça e meta na cadeia não só os empresários bem como os políticos envolvidos. E como é do conhecimento geral, não são poucos.

Coincidência ou não as práticas criminosas geraram para a Administração Municipal de Feira de Santana, entre 2016 e 2017, um prejuízo de aproximadamente 24 milhões de reais. O mesmo valor que se encontra bloqueado pela justiça dos bens do ex-prefeito José Ronaldo.

O que se pode constatar e deixa transparecer é que o governo municipal da província de Feira não tem um calcanhar de Aquiles e sim caixa de Pandora, onde são encontrados e armazenados todo tipo de falcatruas. E se a caixa for aberta muitos dos considerados políticos impolutos poderão parar atrás das grades. Mas diante do modelo de justiça que nós temos. Tudo pode acontecer, inclusive nada.

Enquanto isso, o governo municipal continua exercendo forte pressão junto a sua bancada de sustentação no legislativo para que os requerimentos feitos pela oposição na casa sejam rejeitados. Contrariando acintosamente a sociedade do “Quem não deve não teme”.

Na sociedade do “Quem não deve não teme”, o indivíduo é instado constantemente a provar a sua inocência, dado que está sob a ameaça de que alguma acusação lhe caia sobre os ombros. Ainda que aconteça, nada devendo, ele se encarregará de provar que é inocente.

O que não acontece por parte do governo municipal que tudo tem feito, para impedir que o furúnculo seja lancetado e venha a furo.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS