Tempo - Tutiempo.net

Eduardo Bananinha esperava que as mulheres fossem portadora de quê? / Sérgio Jones

A insanidade da “famiglia” Bolsonaro não tem parâmetros nem obedece nenhum tipo de conceito ético/moral. Não se sabe se o que falam e praticam é proposital ou consequência provocada por algum tipo de degenerescência de ordem genética.

O fato é que eles são responsáveis por sucessivos atos e demonstrações que têm contribuído de forma efetiva ,para gerar e ampliar a estupidez coletiva.

Fato mais recente teve, dessa vez, como protagonista o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), vulgo Eduardo Bananinha. Devido a sua limitada e comprovada capacidade intelectiva, ele de forma gratuita resolveu atacar as mulheres parlamentares, integrantes da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

O ataque foi perpetrado nesta quinta-feira (08), ao afirmar que elas são “portadoras de vagina”. O que ele quis dizer com isso? Será que ele acha que elas no lugar da vagina deveriam ser portadoras de pênis?

Diante do ato inusitado a deputada, ex-aliada da corja bolsonarista, Joice Hasselmann (PSL-SP), após o rompimento e o fim traumático da lua de mel com o degenerado presidente e seus pupilos. Ela passou a ser conhecida por eles, pelo dito irônico de dona Peppa, por ser uma mulher portadora de formas rotundas.

A Denominação, na época, foi alusiva a figura de desenho animado de uma rechonchuda porquinha de desenhos animados.

E é justamente essa deputada, atualmente não tão rechonchuda, que após ser vítima de bullying por seus ex-aliados resolveu protocolar uma representação contra o filho 03 do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Em forma desabafo ao agravo sofrido Hasselmann, juntamente com as demais deputadas integrantes das mais variadas agremiações políticas, devem endossar o documento. “Ele agrediu todas as parlamentares, inclusive as do partido dele”, observou a deputada.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS