Tempo - Tutiempo.net

Expedições Gastronômicas revelam potencialidades da agricultura familiar baiana

Cacau

As Expedições Gastronômicas estão de volta para revelar o potencial produtivo presente na agricultura familiar e na sociobiodiversidade baiana.

Desta terça-feira (16) até sexta-feira (19), comunidades rurais do Sul da Bahia recebem chefs de cozinha para apresentar ingredientes com potenciais para a gastronomia.

O projeto é realizado desde 2016, pelo Governo do Estado, por meio do projeto Bahia Produtiva, executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), com cofinanciamento do Banco Mundial, em parceria com o Instituto Ori.

Nesta edição, chamada de Invisíveis da Mata, será realizada uma imersão na Mata Cabruca e um reconhecimento das capacidades produtivas, por meio das experiências da Cooperativa de Serviços Sustentáveis da Bahia (Coopessba), em Ilhéus, e do Assentamento Dois Riachões, em Ibirapitanga, organizações apoiadas pelo Bahia Produtiva, desde a base de produção até à comercialização.

O grupo é formado por cientistas, acadêmicos, chefs de cozinha e produtores locais da agricultura familiar, que também vai percorrer as florestas do Parque Estadual da Serra do Conduru, reserva com um dos maiores índices de biodiversidade e endemismo do planeta, para desvendar o mundo dos cogumelos silvestres e leveduras selvagens comestíveis.

De acordo com chef de cozinha Caco Marinho, idealziador da expedição, o objetivo é identificar e domesticar essas espécies nativas, para serem cultivadas e utilizadas para consumo próprio:

“Rica fonte de proteína, de fácil cultivo, baixo investimento e pouco uso de recursos hídricos, é totalmente sustentáveis e ecológicas.

Apresenta ainda, a vantagem de ser uma produção de rápido retorno e alto valor comercial, garantindo um incremento na renda dessas famílias”.

SDR

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS