Tempo - Tutiempo.net

Fake do ano: Bolsonaro diz ter cabeça/ Por Sérgio Jones

A cabeça aloprada

O ano de 2022 já iniciou com mais um fake proferido pelo presidente Jair Bolsolnaro, “Em 2023, o STF disponibilizará com duas vagas abertas. Eu tenho na minha cabeça quem seriam esses nomes”, disse ele durante entrevista concedia à imprensa.

Por que fake?

Simples, esse membro denominado cabeça, ele nunca foi possuidor do mesmo. Se buscarmos um cérebro a situação complica e se agrava mais ainda.

A questão se apresenta diante de reposição que se fará necessária na corte em função das aposentadorias dos ministros Ricardo Lewandowski e Rosa Weber, o que esta previsto para acontecer no próximo ano (2023).

Vale salientar, que no desgoverno do presidente Bolsonaro já foram efetuadas duas indicações para o (STF): Kásio Nunes Marques (2020) e André Mendonça (2021), ambos totalmente subserviente aos caprichos do presidente genocida.

Coincidência ou não foi o fato de que pautas como diversidade sexual caírem nas mãos do ministro “terrivelmente evangélico”. Já chegaram ao STF cerca de 11 ações contra leis locais que impedem discussões sobre gênero, orientação sexual e termo similares.

O que se sabe, até o presente momento, que uma delas foi arquivada antes do julgamento e outras três, incluindo a de Mendonça, estão à espera de análise.

No que concerne as demais, o Supremo já decidiu por unanimidade anular as legislações, que foram consideradas inconstitucionais.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS