Feira: velhos oligarcas políticos lutam para se perpetuar no poder/ Sérgio Jones

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email
Colbert Filho o prefeito Pinóquio

O prefeito de direito e não de fato, Colbert Martins, tem contado com o apoio dos mesmos, os de sempre. Uma velharia caquética e oligárquica, ultraconservadora que não quer largar o osso, ou seria filé?

O atual prefeito Pinóquio agora busca apoio no além, ao tentar ressuscitar, de forma patética a imagem de seu velho pai e transformá-lo em seu cabo eleitoral. Como se tudo isso não fosse bastante, eis que surge das catacumbas do mundo político a figura do vetusto João Durval que faz um apelo para que o povo espoliado volte a apoiar essas peças de museu e senhores da Casa Grande.

Os ultraconservadores e reacionários políticos de plantão resistem, até o último suspiro, para se manterem presos ao poder, indo frontalmente de encontro ao que prega a democracia, a sua vital e necessária alternância de poder.

Outra figura desgastada que se presta a realizar esse desserviço político à comunidade feirense é o ex-prefeito e padrinho político do atual prefeito Sombra. Zé Ronaldo está em campo como principal cabo eleitoral de Colbert que busca em tese, mais um mandato.

Se faz necessário esclarecer que na realidade o mandato na prática continua na mão do Zé que carrega sobre os ombros o saco da ganância sem fundo, e por isso mesmo nunca enche.

O atual prefeito se sujeita a atuar na política exercendo o papel de boi de piranha. Enquanto ele posa de prefeito, o Zé continua passando a boiada e se locupletando com as benesses do poder.

Para que o seu apadrinhado político continue manso e não se rebele, é atiçado para ele as sobras e as migalhas que caem da mesa farta do poder. Com isso todos ganham, exceto o povo.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

OUTRAS NOTÍCIAS