Tempo - Tutiempo.net

Galinha contraria a lei natural ao buscar apoio político junto as raposas felpudas de Feira de Santana/ Por Sérgio Jones

Binho Galinha entre raposas

Realmente, o município de Feira de Santana, terra de Lucas, é um ponto fora da curva no cenário da política brasileira. Quando o eleitor feirense acreditava já ter visto tudo o que pode dar errado na condução da caquética liderança política local.

Emerge das sombras a figura do empresário que se apresenta como pré-candidato a deputado estadual, o empresário com um nome bastante folclórico, Binho Galinha.

Pelo arriar das malas, tudo indica que a iniciativa política desse empresário já começa a fazer água antes mesmo de tentar ingressar no cenário da política feirense, considerado como um verdadeiro saco de gatos e um jogo de cartas marcadas.

De acordo com o noticiado na imprensa local na semana passada o empresário o Binho Galinha esteve mantendo contato com as raposas felpudas do município, o prefeito de direito e não de fato, Colbert Filho (MDB), e o ex-prefeito José Ronaldo (UB).

A visita, segundo ele, teve como objetivo conseguir a bênção dos padrinhos políticos. Oportunidade em que manifestou o seu desejo de participar do que denominou como do processo político da província.

“Não sei fazer as coisas sem conversar com os líderes. Quero contribuir com a minha cidade e com o grupo. E tive o incentivo deles para atingir o nosso projeto”, declarou o empresário Galinha.

O mais novo pretendente a ingressar a tentar ingressar no cenário da política local demonstrou um total desconhecimento com relação ao processo seletivo adotada pela natureza.

Começa mal no arriar das malas ao tentar burlar as consideradas regras básicas adotadas pela natureza. Até onde se sabe e se tem conhecimento, a raposa é que procura ou vai a caça da galinha, não ao contrário.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS