Golpista, Folha agora diz que Bolsonaro emporcalha o cargo

 Em editorial publicado nesta quarta-feira (17), o jornal Folha de S. Paulo, que proibiu seus jornalistas de retratar Jair Bolsonaro como extremista de direita na campanha eleitoral e foi um dos principais agentes da mídia corporativa a inflar o golpe de estado contra Dilma Rousseff, agora diz que ele “emporcalha o cargo” de presidente da República.

Ao fazer a defesa aberta da saída de Bolsonaro do poder, o editorial enfatizou:

“Resta um porém a impedir que se deixe de lado o debate do impeachment —trata-se da conduta insistentemente indecorosa de Bolsonaro, que emporcalha o cargo máximo da República como nenhum antecessor se atreveu a fazer”.

“Está-se diante de um presidente que sabotou de todas as maneiras as políticas de saúde durante a pandemia; que declarou o intento de intervir em órgãos de segurança para proteger familiares; que apenas em recuo tático parou de insuflar atos contra os outros Poderes”, acrescentou a publicação.

O editorial ainda disse que “estas, acima de qualquer cálculo político, recomendam que o Congresso exerça o papel que lhe cabe ante os desmandos do presidente.”

“É necessário desengavetar e examinar às claras, conforme os trâmites legais, as dezenas de pedidos de impeachment que aguardam decisão do presidente da Câmara”.

Brasil

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS