Tempo - Tutiempo.net

Governo de Colbert: nada a comemorar, muito a se lamentar/ Por Sérgio Jones

COLBERT X FERNANDO

Detentor de uma administração caótica e deletéria o prefeito de direito e não de fato, Colbert Filho (MDB), está se tornando um marco indelével no calendário político do município de Feira de Santana.

Não pela prática e a realização de atos meritórios em prol da coletividade, mas pelos sucessivos desastres e erros administrativos praticados contra os interesses da população.

A comprovada falta de aptidão para administrar o erário tem se agravado de forma sistemática, ainda mais, a realidade de sobrevivência do povo feirense. De forma mais aguda para aqueles segmentos considerados mais fragilizados da sociedade.

Prova inconteste de todo esse caos, ocorrem nos mais distintos setores da sociedade, com o encerramento do primeiro semestre de 2022 Período em que o governo municipal condensou sucessivas derrotas.

Só a título de exemplo podemos citar algumas: escolha da futura Mesa Diretiva, eleita a oposicionista Eremita Araújo (PSDB), do procurador Geral do Município, Moura Pinho, votação da LDO 2023 com 27 emendas aprovadas.

Coroando todo esse desastre político há fortes indícios que podem se transformar em uma realidade bem presente. O fato de que, ‘impolutos’ legisladores estão se articulando, tendo como objetivo preparar um recheado pedido de impeachment do prefeito Colbert Filho.

O que possivelmente será ruim para ele, mas com certeza benéfico para a população, pior do que está não poderá ficar. Pelo menos é o que pensa considerável parcela da população feirense.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS