Tempo - Tutiempo.net

Justiniano França: quem não chora não mama/ Por Sérgio Jones

Justiniano França

O Brasil desde a sua triste origem histórica tem sido um país reconhecidamente permissivo, agora mais do que nunca. Sempre foi conivente com o erro não importando se o mesmo ocorre nas esferas do poder Legislativo, executivo ou judiciário ou em qualquer outro segmento da sociedade.

Estudos apontam que 97 por cento dos crimes de corrupção no país permanecem impunes. O sistema opera como escudo de impunidade, principalmente quando se trata de pessoas poderosas.

O modelo de política de apadrinhamento, tão ao gosto dos políticos brasileiros, tem sido uma das práticas mais utilizadas pelos homens públicos do município feirense.

Destaque todo especial para o grupo político que se encontra encastelado no poder em Feira de Santana, por mais de duas décadas.

De acordo com os comentários que circulam nos bastidores da cidade, todo ele é capitaneado e orquestrado pela batuta do astuto e maquiavélico ex-prefeito José Ronaldo.

Como é do conhecimento geral, a regência musical é coordenada pelo Zé que dirige e lidera de forma tirânica as atividades políticas no município. O séquito de servos tem sido obediente e sempre que possível, procuram apresentar coesão e coerência em suas atuações e manifestações.

Podemos citar como exemplo, o modelo dessa prática política no município, o caso do ex-vereador Justiniano França, que esteve à frente da campanha de reeleição do prefeito de direito e não de fato Colbert Martins (MDB).

Ao se ver preterido de participar do grupo na atual gestão, esperneou e se lamuriou na imprensa contra, segundo alegava ele, a injustiça sofrida.
Chorou tanto que diante da sai justa em que ficou a gestão do prefeito, Colbert resolveu voltar atrás em sua decisão inicial, com relação ao seu “fiel jardineiro”, quis dizer colaborador e reconhecido cabo eleitoral.

Concedendo ao mesmo, de forma graciosa e como prêmio de consolação, um cargo na Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Município.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS