Tempo - Tutiempo.net

Moro semeou o mal e começa a colher os frutos do que plantou/ Por Sérgio Jones

O ex-ministro da justiça e juiz parcial Sérgio Moro, pré candidato a Presidência de República, conhecido pela alcunha de Marreco de Maringá, em companhia da presidente nacional do Podemos, Renata Abreu, em visita a Paraíba, nesta quinta-feira (6), onde deve permanecer até sábado (08), tem agenda na capital e em Campina Grande.

A presença do ser nefasto e de todo o seu séquito causou transtorno e revoltas à população paraibana que aos berros chamou ‘traira’, ladrão, vagabundo entre outros termos altamente depreciativos.

O ex- juiz declarado parcial e suspeito pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Está sendo investigado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) sob a suspeita de ter enriquecido enquanto empobreceu o país.

Mas os crimes de lesa pátria imputado a ele e toda a sua gangue, resultaram em sérios prejuízos para a economia da nação brasileira, estes são considerados de grande monta.

Os efeitos de seus atos criminosos culminaram na destruição de aproximadamente, 4,4 milhões de empregos. Segundo aponta o Dieese, além de ter quebrado inúmeras construtoras brasileiras.

Após ter causado toda esse estrago, ele recebeu como prêmio de consolação o seu engajamento em uma consultoria estadunidense. O curioso é que justamente essa foi a consultoria que mais se beneficiou com o desmonte.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS