Tempo - Tutiempo.net

Não brindo a dor

Não brindo a dor

Hoje ainda vida existe

A dor não dorme, existe

De tempos a tempos, existe

Nauseabundo e magnânimos

São situações de prazer em azos

Mesmo não sendo jerónimos

Nos faltam as bençãos

Quista

Carlos Lima

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS