Tempo - Tutiempo.net

NOS BASTIDORES DA MAÇONARIA IX

Uma visão e uma realidade sobre a Maçonaria

Vida e realidade Maçônica

Não é preciso repetir a definição acadêmica, todos já sabem. Mas podemos relembrar que a Maçonaria em nosso país tem por objetivo o aperfeiçoamento material moral e intelectual da humanidade, através da investigação constante da verdade científica, do culto inflexível da moral e da prática desinteressada da solidariedade.

Nem todos possuem esse comprometimento, quer seja pelo trabalho manual ou intelectual, entretanto todos não desconhecem que a Ordem mantém as divisas de Liberdade, Igualdade e Fraternidade, sustentando como seu princípio norteador a mais completa liberdade de consciência, pela prática inflexível da tolerância que se traduz pelo respeito à Razão e às convicções individuais de cada um.

Comportamento que nem todos incorporam. Muitos exigem e poucos cumprem.  Uma parte deles não reconhece o direito de manifestar opinião sobre questões Maçônicas de ordem geral.

Um número reduzido se acha no direito de ensinar pela palavra, mas os exemplos são inadequados e inadmissíveis nas Oficinas.

Todos os Maçons têm a obrigação de considerar-se, entre si, iguais e irmãos, só havendo entre eles as diferenças que decorrem da prática da virtude e da prestação de serviços à Ordem, que determinam a distinção de graus, significativos de honras e proporcionando maior responsabilidade correlata.

Entretanto, um número reduzidíssimo poderia levar a cabo o mútuo auxílio e socorro, com o risco de quaisquer perigos e da própria vida (atualmente utópico. No passado, real).

A Maçonaria cuja origem se perde na noite dos tempos, sempre teve por especial intento, unir todos os homens de boa vontade que, convencidos da necessidade de render sincero culto à virtude, procuram meios de propagar o que a sã moral nos ensina.

Diante do entendimento Maçônico estamos sempre prontos para o cumprimento inflexível do dever, tentando corrigir as imperfeições internas e tolerando as externas, na esperança da construção de uma humanidade mais feliz.

Carlos Lima

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS