Tempo - Tutiempo.net

Olavo chama Bolsonaro de “cagão” e “bundão” após perder financiamento

Olavo ataca mais uma vez o presidente Bolsonaro

Olavo de Carvalho, guru da ala mais radical do bolsonarismo, está sob intensa pressão nas redes sociais.

Sem se sentir apoiado financeiramente e juridicamente pelo governo que acredita ter ajudado a eleger, o escritor voltou a cobrar o presidente Jair Bolsonaro.

“Senhor Presidente: Ou você faz algo para defender os seus defensores, ou terei de, CONTRA A MINHA VONTADE, considerá-lo um BUNDÃO”, escreveu no Facebook o professor on-line de filosofia, em meio a uma série de outros ataques desde a tarde de domingo (6) e ao longo do feriado (7).

“Essa porra desse governo cagão tem medo até de investigar quem é o dono do Sleeping Giants”, atacou ele em outra postagem, referindo-se a um perfil no Twitter que pressiona empresas a não patrocinarem pessoas e páginas que disseminam conteúdos que são comprovadamente falsos.

“O presidente tem o comando absoluto da única força material que conta, perto da qual todos os Nhonhos e Faquinhas são apenas periquitos. Chega de fingir que ele é um coitadinho indefeso. Presidente valentão cercado de generais, você se caga de medo até dos Sleeping Giants?”, questionou Olavo.

“Na medida em que nada faz contra os que o caluniam e difamam, o presidente consagra a calúnia e a difamação como DIREITOS, desde que praticadas contra ele e seus apoiadores. Torna-se assim cúmplice e fomentador do crime e criminoso ele próprio. Será que além do Nhonho, do Alconhonho, do Toffonhonho e do Saponhonho, teremos agora o Bolsonhonho?”, esbravejou o escritor.

As críticas de Olavo a Bolsonaro têm crescido à medida que o olavismo perde relevância no governo.

O guru não perdoa Bolsonaro, por exemplo, por não mobilizar a estrutura do Estado para defender a extremista Sara Winter, que foi presa em junho, numa onda de decisões judiciais que acabou com o grupo miliciano armado liderado por ela, os ‘300 do Brasil’.

Não é a primeira vez que Olavo esbraveja contra Bolsonaro.

Em junho, o escritor divulgou um vídeo em que disse que “derrubaria esta merda de governo”.

Naquela ocasião, a raiva de Olavo também foi motivada por dinheiro — ele havia perdido um processo milionário por ofensas contra Caetano Veloso.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS