Tempo - Tutiempo.net

Panorama feirense/cljornal

Fernando Torres, presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana

Fernando Torres não perde oportunidade e estoca gestão anterior.

O presidente o legislativo feirense, vereador Fernando Torres, mais uma vez aproveitou solicitação do Ministério Público Estadual, sobre o pedido de envio dos contracheques de todos assessor dos 21 vereadores, para reforçar as suspeitas de ilicitudes praticadas pelo ex-presidente da ‘Casa’, vereador José Carneiro.

A solicitação foi lida em plenário pelo próprio presidente que comentou: “O promotor, doutor Luciano, não está sendo claro, em seu pedido. Cada assessor tem sua remuneração divulgada no Diário Oficial do Legislativo, com toda transparência possível. Todos nossos feitos, divulgamos e prestamos contas”.

Concluiu afirmando: “estamos aqui para sermos parceiros do Ministério Público e da Justiça”.

Em seguida acrescentou que sua gestão “acabou com uma quadrilha que havia aqui”.

Ficando subentendido que na legislatura passada o MP não teve essa mesma disposição.

Carnês do IPTU 2021 estão sendo  entregues pelos Correios

Os carnês do IPTU já começaram a ser distribuídos pelo Correios, os contribuintes feirenses têm até o dia 28 para pagar com desconto de 20%.

O secretário da Fazenda, Expedito Eloy, informa que o cidadão pode aguardar que irá receber o carnê em sua residência.  A contribuição pode ser parcelada em até oito vezes, sendo mantida a primeira fatura com vencimento em 28 de abril

O valor mínimo das prestações é de R$ 50.

Conforme o secretário Eloy, o desconto que a Prefeitura de Feira oferece para o pagamento do IPTU é o mais atraente do país. Não existe outro município do mesmo porte que ofereça esse percentual.

Vereador Correia Zezito apresenta projeto de Lei de alcance social.

O vereador Correia Zezito deu entrada no legislativo feirense de Projeto de Lei proibindo a suspensão do fornecimento de energia elétrica, pela Coelba, por inadimplência do usuário, às sextas-feiras, no final de semana (sábado e domingo), em feriado e véspera de feriado.

Outro dispositivo do projeto determina que os usuários devem ser informados pela companhia responsável pelo serviço (a Coelba), sobre o corte, pelo menos, 72 horas de antecedência, para os moradores da zona urbana, moradores da zona rural com sete dias de antecedência.

Outro fato que deverá constar na regulamentação do projeto é  isenção da taxa de religação, caso haja descumprimento da exigência de notificação prévia ao consumidor conforme o projeto.

O projeto leva o número 39/2021 e tem imenso alcance social.

Espera-se que sua tramitação em primeira discussão ocorra na sessão de segunda-feira (13) e seja aprovada por unanimidade.

O esdruxulo vereador Edvaldo Lima

O tresloucado, homofóbico e agora racista, segundo comentários que circulam na sociedade, sobre o vereador Edvaldo Lima. Em sessão da Câmara Municipal de Feira de Santana, ele votou contra a realização das comemorações e homenagens ao Dia Municipal da Beleza Negra e ao Dia Municipal do Sacerdote e Sacerdotisa de Religião de Matriz Africana.

O inusitado legislador usou o argumento de racismo reverso, argumentando: “Por que não colocou aqui o dia da beleza branca, o branco não tem direito?”, questionou..

Afirmando, “ainda mais que é promovido por um grupo chamado de Odungê que é de candomblé”.

O vereador terminou afirmando que o Dia da Beleza Negra é discriminatório.

Fernando Torres confirma que a liderança política de Feira de Santana é de José Ronaldo.

Fernando Torres afirmou: “conversei com José Ronaldo e vou dar uma oportunidade a Colbert confiando na palavra de Zé Ronaldo!”.

Existe confirmação de reconhecimento mais forte do que essa?

O fato ocorreu por causa de um Projeto de Lei do Executivo que tramitava na “Casa” e poderia sofrer alterações profundas na intenção do executivo em acelerar o recebimento de débitos fiscais.

“Estou nesta Casa para contribuir com o Município, não para fazer oposição ao prefeito, nem puxar saco ou lhe ser subalterno”, advertiu Torres.

A secretaria de Saúde de Feira de Santana continua sendo um caso de polícia

O recém-empossado secretário de saúde de Feira de Santana, Marcelo Brito, que sempre defendeu a iniciativa privada na saúde, da continuidade do seu plano de desqualificar a saúde pública provocando o desgaste e a desconfiança na qualidade dos seus serviços.

No momento desvaloriza o servidor público da área, e usa de forma ilegal, funcionários do HTO do qual é sócio, fazendo da secretária uma extensão de sua empresa.

Conhecido pela sua arrogância, o médico Marcelo Brito piorou o clima na secretaria e proibiu servidores de almoçar nas salas das secretarias, determinando que as refeições sejam feitas embaixo de uma escada.

O desmantelamento da saúde em Feira de Santana é visível.

O suspense continua no Legislativo feirense

Processos que tinham sidos arquivados referente as candidatas laranjas na eleição de 2020 em Feira de Santana, sofreram reviravoltas e eixam vereadores preocupados.

Os recursos de Hélio Barreto e PTB contra o PSD e seus candidatos, foi julgado procedente, a sentença anterior foi revogada e determinado que o processo retorne ao juiz eleitoral de Feira de Santana.

O mesmo aconteceu com o recurso do ex-vereador Alberto Nery, também contra o PSD.

Redação do cljornal.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS