Tempo - Tutiempo.net

RENASCENÇA

Comer com boca de beijo

Quero estar próximo ao teu corpo juvenil
a saborear tua pele como a uma doce fruta.
Sentir teu cheiro de flor campestre
eu quero
ouvir tua voz como se fosse uma sinfonia
e penetrar nos teus olhos
como uma nave estrelar…

Eu quero sim, eu quero
falar-te de coisas tantas
quantas são as minhas fantasias,
comer tua voz com minha boca de beijo
ser todo desejo de estar contigo…

Sim, eu quero sim
ser a alma do vento e velejar até a tua morada
e penetrar por qualquer fresta
e conquistar o teu espaço
e ver-te adormecida, pronunciar meu nome
e eu, vento, transformar-me em homem
e nesta noite fazermos nossa festa…

Cezar Ubaldo

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS