Tempo - Tutiempo.net

Revista americana revela ‘pior’ avião da 2ª Guerra Mundial

Foto: Reprodução/Twitter

O interceptador monolugar alemão Ba 349 Natter é considerado o pior avião da Segunda Guerra Mundial, segundo a revista norte-americana Air & Space.

A revista Air & Space qualificou o Ba 349 Natter, também chamado de avião-foguete, como o pior avião da Segunda Guerra Mundial. A aeronave foi desenvolvida por antigos fabricantes de móveis (suas asas eram feitas de madeira) e seu único voo pilotado se saldou em uma tragédia. Atualmente está exposto no Museu de Munique.

Foto: Reprodução/Twitter

Bachem Ba 349 Natter – Interceptador alemão propulsionado por foguetes. O piloto só tinha controlo na parte superior do voo e tinha de saltar [de paraquedas].

A revista indica que em 1945 as autoridades acederam com relutância a alocar fundos para concepção desse avião. Além disso, estes aviões foram construídos por antigos fabricantes de móveis, que trabalhavam em locais mal equipados. O avião era lançado de uma torre vertical como um foguete e tinha uma fuselagem de madeira. Além disso, era feito para ser utilizado uma só vez, à semelhança dos foguetes. Isso significa que após o lançamento dos 24 foguetes que levava a bordo o piloto devia se catapultar, porque o avião se esmagava.

Assim, o único voo do Ba 349 Natter com piloto a bordo acabou em uma tragédia, que conduziu à morte do piloto Lothar Sieber.

Aviões da Alemanha Nazista

No total, na Alemanha foram produzidos 36 tipos de aeronaves. Para a maioria deles, a sua única função tem sido servir como peças de museu.

Andreas Hempfer, historiador do Museu de Munique, na Alemanha, declarou que ele gostaria que esse avião simbolizasse “a vontade irresponsável dos engenheiros alemães e da elite alemã durante os últimos meses da guerra de criar armas que pareciam ser superiores às armas de seus inimigos, mas que eram primitivas em muitos aspetos e baseadas em ideias errôneas”.

 Sputnik
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS