Vamos respirar o ar puro da mudança. Vote com determinação/por Carlos Lima

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email
O ÓDIO DE COLBERT É PERMANENTE
A existência de pessoas politizadas, esclarecidas e preparadas para enfrentarem a vida sempre foi um grande temor da classe política.
Eles preferem que a ignorância e a dependência predominem sobre a população para que a exploração e a subserviência não sejam questionadas.
Este fato pode ser constatado com os 20 anos de domínio de um único grupo político em Feira de Santana.
Também não devemos duvidar de que a falta de conhecimento proporciona uma submissão econômica e social praticamente escravagista aos interesses de políticos, na sua maioria, corruptos e desonestos, que não se preocupam com princípios humanitários, desde que atinjam os seus fins. Enriquecimento fácil e rápido.
Assim acontece em Feira de Santana onde roubaram mais de 100 milhões de reais da saúde e a preocupação é não abrir uma CPI no legislativo municipal para investigar o ocorrido, e o prefeito Colbert Filho afirmando que CPI é coisa de oposição, determinando que os vereadores aliados ao seu governo, votem contra.
Fato que se soma a outras ações de acobertamento do ilícito.
Esse grupo político prima para que a existência dos seus eleitores seja ainda uma forma primitiva de inteligência. Dificulta e influencia o seu raciocínio na escolha do melhor caminho a seguir.
Podemos encontrar com muita facilidade a exposição dessa condição na manifestação de diversos assessores nas redes sociais. É vergonhoso.
Nada é feito ao acaso. Mesmo nas ações catastróficas de combate a pandemia; à investigação do roubo de recursos na saúde; nas obras em andamento nesse período eleitoral para confundir e menosprezar a inteligência do feirense.
Tudo é planejado, acreditam que a manipulação do eleitorado é simples. Eles foram desprovidos do livre arbítrio. Tiveram o discernimento apagado de suas mentes, estão dominados, hipnotizados pela mentira, pelas migalhas espalhadas em suas mesas, pelas falsas promessas de dias melhores, pela perseguição financeira, pela difamação e pela estagnação do desenvolvimento racional, lógico e de bom senso.
O prefeito de Feira de Santana não tem passado político digno, seu futuro reflete o descompromisso com a lisura, conforme se comenta na cidade.
Os fatos que edificam tais comentários são reais, inquestionáveis e legais.
Domingo, dia 15 de novembro, data em que se comemora a Proclamação da República. Pode ser também uma data em que o feirense possa assinar sua carta de alforria.
Chega. Vamos reconstruir nossa história depois de 20 anos.
Precisamos respirar o ar puro da mudança. Vote com determinação.

.

Carlos Lima

OUTRAS NOTÍCIAS