Tempo - Tutiempo.net

A economia de Guedes e Bolsonaro prova uma inflação de 1,06% em abril, a maior no mês desde 1994

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerado o índice oficial de inflação do país, subiu 1,06% em abril na comparação com março, mostram dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados nesta quarta-feira (11).

O resultado foi puxado pelos grupos alimentação e bebidas e transporte e foi o maior para o mês desde 1996 (1,26%). Agora, o IPCA acumula alta de 4,29% no ano e de 12,13% nos últimos 12 meses (acima dos 11,30% registrados em março).

A alta ficou um pouco acima das expectativas do mercado, pois o consenso Refinitiv projetava uma alta mensal de 1,0% e anual de 12,07%.

Mas o número veio abaixo do IPCA de março, que subiu 1,62% e foi o maior resultado para o mês desde 1994 (e também acima do esperado). O IPCA-15, que é uma prévia do IPCA, já havia subido 1,73% em abril, a maior alta para o mês desde 1995 (1,95%) e a maior variação mensal desde fevereiro de 2003 (2,19%).

Os principais impactos da inflação em abril vieram de alimentação e bebidas e de transportes, segundo o IBGE. O grupo alimentos e bebidas contribuiu com a maior variação (+2,06%) e maior impacto no índice (0,43 ponto percentual), enquanto o de transportes subiu 1,91% e contribuiu com 0,42 ponto percentual do IPCA do mês.

Infomoney

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS