Bolsonaro não vai pagar 13º salário do Bolsa Família em 2020

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email
Bolsa família não terá 13º salário

Técnicos da equipe econômica e assessores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmaram que o governo não deve pagar um 13º salário para os beneficiários do Bolsa Família neste ano.

O governo Bolsonaro editou uma MP (Medida Provisória) no ano passado para pagar o 13º em 2019.

O plano, porém, era que o pagamento fosse apenas uma vez, para que o presidente cumprisse uma promessa de campanha.

Por isso, a MP era pontual, prevendo o benefício apenas em 2019.

No início do ano, o governo operou para que a MP caducasse. A oposição queria tornar o 13º permanente e estendê-lo também ao BPC (Benefício de Prestação Continuada).

Com isso, o pagamento de um 13º para os beneficiários do Bolsa-Família dependeria da edição de uma nova MP ou do envio de um projeto de lei ao Congresso Nacional.

O Bolsa Família atende às famílias que vivem em situação de pobreza e de extrema pobreza.

Podem fazer parte do programa todas as famílias com renda por pessoa de até R$ 89 mensais; e famílias com renda por pessoa entre R$ 89,01 e R$ 178 mensais, desde que tenham crianças ou adolescentes de 0 a 17 anos.

As pessoas receberam pelo menos R$ 600 durante cinco meses. Esse valor é bem superior ao Bolsa Família e equivaleria a um 14º e a um 15º. Se pagarmos um 13º para beneficiários do Bolsa Família, também teremos que pagar para quem recebe o auxílio emergencial? Não está claro.

Mas essa decisão é política e depende do presidente Bolsonaro. Mas não há debates sobre isso, disse um membro da equipe econômica do governo.

Agência Estado

OUTRAS NOTÍCIAS