Tempo - Tutiempo.net

Em apenas duas semanas, aprovação a Bolsonaro recua 6 pontos

Cara feia não assusta ninguém

Segundo dados da mais recente pesquisa EXAME/IDEIA, a taxa de aprovação do governo, em duas semanas, caiu para 35%; a taxa de desaprovação passou, no mesmo período, de 31% para 38%; a queda na popularidade de Bolsonaro se deve, segundo a pesquisa, ao término próximo do auxílio emergencial

O governo de Jair Bolsonaro é aprovado por apenas 35% dos brasileiros, aponta uma pesquisa EXAME/IDEIA. Segundo os dados, há duas semanas, a taxa de aprovação era de 41%, enquanto a de desaprovação era de 31%, estando agora em 38%. Apenas 27% consideram o governo “regular”.

A pesquisa atribui a queda na popularidade de Bolsonaro ao término próximo do auxílio emergencial, que não deve ser pago em 2021.

Outro dado importante da pesquisa é o fato de que a desaprovação de Bolsonaro entre a população mais pobre, que ganha até 1 salário mínimo, aumentou de 39% para 46% em relação ao dia 20 de novembro.

“A fortaleza da aprovação do governo federal continua sendo as regiões Norte (62% de aprovação) e Centro-Oeste (47%), e os entrevistados que se dizem evangélicos (44%).

Entre a parcela de baixa renda, a popularidade caiu abaixo da margem de erro (45% das classes D/E desaprovam).

Já são sentidos efeitos da redução do auxílio, da perda de renda e do aumento da procura por emprego nesses segmentos”, acrescenta Maurício Moura, fundador do IDEIA.

REUTERS

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS