Tempo - Tutiempo.net

Inflação recorde no IPCA-15 é só parte do aumento de preços

Inflação recorde

O IBGE divulgou a “prévia da inflação”, o IPCA-15, com alta de 0,95%.

Mas isso é só parte do que registrará a inflação de março, porque a coleta de preços foi encerrada dia 16 de março e, portanto, só consideraram uma pequena parcela do reajuste dos combustíveis, em vigor apenas 5 dias (três deles úteis) depois deste aumento cavalar.

Tanto é assim que o grupo “transportes” do levantamento registrou alta de apenas 0,68%, o que vai pelo menos dobrar até o final de março.

Além do registro apenas parcial do aumento, há um outro dado que se inverterá, o das passagens aéreas, que não apontadas como em queda forte (-7,55%), tendência que os jornais já registram de sido revertida, e forte, com a alta dos bilhetes em todo o país, após a elevação do preço do querosene de aviação.

Os dados mais graves vieram do grupo de preços que mais afeta a população de baixa e média renda, o da alimentação.

Aí, os preços subiram 1,95%, o dobro da taxa geral, algo parecido com o que ocorreu no ano passado, quando a inflação dos alimentos superou folgadamente os índices em geral.

Fernando Brito

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS