Pesquisa CNI mostra indicadores indústria com pior índice em outubro desde 2013

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email
Industria piores indicadores em outubro

Os principais indicadores da indústria de transformação tiveram o pior mês de outubro desde 2013, de acordo com pesquisa divulgada hoje (1°) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

O faturamento real do setor alcançou 111,4 pontos, com queda de 4% em relação a setembro. Em outubro de 2014, o indicador havia ficado em 129,2 pontos e, no mesmo mês de 2013, em 128,3.

Os índices de emprego e horas trabalhadas recuaram 0,9% e 0,7% na comparação com setembro deste ano, atingindo, respectivamente, 102,8 e 90,5 pontos.

Ambos caíram pelo nono mês consecutivo e também tiveram o pior resultado para outubro em dois anos. Em outubro de 2014, o indicador do emprego ficou em 114,9 pontos e, em 2013, em 111,5.

O índice relativo às horas trabalhadas registrou 108,2 pontos em outubro de 2014 e 102 pontos em igual mês de 2013.

A massa salarial real caiu 1% na passagem de setembro para outubro, marcando 117,9 pontos. Também é o resultado mais fraco desde outubro de 2013.

Segundo a CNI, “a retração do emprego e dos salários é resultado da forte queda da atividade industrial”. Os dados são dessazonalizados (ajustados para o período).

A utilização da capacidade instalada também indica a retração da atividade no setor. O indicador ficou em 77,7% em outubro de 2015, inferior aos percentuais de 81% e 82,4% registrados em outubro de 2014 e de 2013.

Na comparação com setembro deste ano, o índice ficou praticamente estável, crescendo 0,1 ponto percentual.

Mariana Branco

OUTRAS NOTÍCIAS