Preço do ovo de Páscoa é o triplo do da barra

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

No próximo dia 31 será celebrada a Páscoa e um de seus maiores símbolos é, naturalmente, o ovo de Páscoa, que deveria marcar o significado da vida, mas que, hoje em dia, atende muito mais a uma lógica comercial do que religiosa.

Impossível não pensar em Páscoa sem lembrar dos túneis de ovos nos supermercados, com vários tipos de chocolate, embalagens, surpresinhas…No entanto, o consumidor deve ter cuidado para evitar cair em armadilhas, entusiasmado pelo clima da época.

Muitos ovos das marcas de chocolate brasileiras mais populares oferecem o chocolate a um preço por grama muito maior que o do bombom convencional. Por exemplo, o Ovo do Sonho de Valsa com 350 gramas custa R$ 29,99 e seu bombom ,com 20 gramas, custa R$ 0,59. O ovo deveria ter o preço de 18 bombons (360 gramas) e não 51 (1,2 quilos).

Por meio de uma simples pesquisa na internet, pode-se encontrar uma variedade imensa de preços mesmo entre as marcas mais famosas, a variação varia R$65 até R$299 por quilo de chocolate.

Mas o que explicaria essa discrepância do preço em relação à quantidade? Quando se faz um ovo de chocolate, agrega-se valor a ele, pois o formato fica mais convidativo, a embalagem mais atraente e, além disso, o produto ganha certo aspecto de exclusividade, pois só está disponível em uma única época do ano.

Fonte: Redação / Folha de SP

OUTRAS NOTÍCIAS