Crise das universidades federais será debatida na Comissão de Educação

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email
A audiência foi solicitada pelo senador Cristovam Buarque (PPS-DF)

A crise financeira das universidades federais brasileiras será tema de audiência pública da Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) nesta quarta-feira (30). Devido a cortes de gastos, as universidades têm tido dificuldades para cumprir os contratos para o seu funcionamento. O debate tem como objetivo discutir alternativas para enxugar despesas sem prejuízo do ensino ofertado, além de analisar o que pode ser feito para assegurar mais recursos para o funcionamento do ensino superior público.

A audiência foi solicitada pelo Cristovam Buarque (PPS-DF), ex-reitor da Universidade de Brasília (UnB), e recebeu o apoio do senador Pedro Chaves (PRB-MS). Para Cristovam, a melhoria do cenário fiscal não ocorrerá em curto prazo e, por esse motivo, possibilidades para contornar a situação devem ser pensadas.

“Debater prioridades é obrigação de toda a sociedade, inclusive das universidades. É legítimo que as universidades pleiteiem mais recursos para funcionar adequadamente, mas também devem participar do debate e dizer de onde sairão os recursos”, afirma Cristovam no requerimento de realização da audiência.

Para participar do debate, foram convidados Emmanuel Zagury Tourinho, presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior; Márcia Abrahão, reitora da UnB; Virgílio Caixeta Arraes, presidente da Associação dos Docentes da UnB; e Rogério Fagundes Marzola, coordenador geral da Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnicos Administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil.

Também foram convidados representantes do Ministério da Educação (MEC) e do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão.

A audiência está marcada para às 10h30, na sala 15 da Ala Alexandre Costa, no Anexo 2 do Senado. O debate contará com o Serviço de Língua Brasileira de Sinais (Libras) e será realizado em caráter interativo, com possibilidade de participação popular pelo Portal.

SenadoNoticias

OUTRAS NOTÍCIAS