Tempo - Tutiempo.net

Ex-assessor de Milton Ribeiro ignorou quatro convocações da CGU para esclarecer suspeitas de corrupção

Osmar Barreto ex-assessor do ex-ministro Milton Ribeiro

Odimar Barreto dos Santos, ex-assessor especial de Milton Ribeiro, considerado amigo próximo e braço direito do ex-ministro da Educação.

Não compareceu a quatro convocações feitas pela Controladoria-Geral da União (CGU) no âmbito das investigações que apuram suspeitas de corNrupção e tráfico de influência na liberação de verbas do Fundo acional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

 De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, “Odimar Barreto dos Santos era importante elo de Ribeiro com os pastores que negociavam verbas federais para prefeituras mesmo sem cargos no governo de Jair Bolsonaro” e foi designado pessoalmente por Milton Ribeiro para atender aos pastores Arilton Moura e Gilmar Santos, suspeitos de integrarem o gabinete paralelo que atuava na intermediação da liberação de verbas da pasta mediante o recebimento de propinas.

Odimar Barreto é ex-major da Polícia Militar e também é pastor auxiliar na mesma igreja comandada por Ribeiro em Santos (SP), além de se apresentar como pré-candidato a deputado nas redes sociais.

Segundo a CGU, a atuação do ex-assessor é uma das linhas das investigações acerca do escândalo envolvendo o Ministério da Educação.

 

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS