Tempo - Tutiempo.net

Governador confirma que vale-alimentação estudantil começa a ser pago na terça-feira (23)

BAHIA, VALE-ALIMENTAÇÃO ESTUDANTIL

Mais R$ 44 milhões de reais serão creditados nos cartões do vale-alimentação estudantil, na terça-feira (23), pelo Governo do Estado. Até agora já são R$ 220 milhões de investimentos com recursos próprios do Estado da Bahia no Programa Vale-alimentação Estudantil (PVAE).

Todos os estudantes regularmente matriculados na rede estadual de ensino, aproximadamente 800 mil) têm direito ao vale-alimentação de R$ 55.

O recurso do vale-alimentação é depositado no cartão Alelo, que os estudantes já têm acesso, e poderá ser usado em qualquer um dos 20 mil estabelecimentos que aceitem a bandeira Alelo nos 417 municípios, distritos e povoados da Bahia..

“Além do vale-alimentação, o Governador Rui Costa da Bahia investe em mais dos programas de assistência estudantil, cujos investimentos somam mais de 410 milhões de reais, em 2021.

Teremos o Mais Estudo, com bolsas de 100 reais para 52 mil estudantes, que darão monitoria em Língua Portuguesa e Matemática aos colegas.

O outro programa é o Bolsa Presença, que concederá 150 reais para cada família de baixa renda, cadastrada no CaD Único e com filhos na rede estadual.

O objetivo de Bolsa Presença é assegurar a permanência dos estudantes nas escolas, evitar o abandono e fortalecer o vínculo com a escola”, afirmou o secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues.

O vale-alimentação é destinado, exclusivamente, para a compra de gêneros alimentícios, como feijão, arroz, macarrão, carne, frango, frutas, verduras, café e leite, sendo que a aquisição dos alimentos é de livre escolha dos estudantes.

“O crédito estará na conta a partir de terça-feira, mas o estudante poderá fazer suas compras em qualquer dia. É importante que apenas uma pessoa da família vá ao supermercado ou mercadinho do bairro, para evitar aglomeração e seguindo todas as normas de segurança, como o uso de máscaras de proteção individual, em função da pandemia do Coronavírus”, destacou o superintendente de Planejamento Operacional da Rede Escolar, Manoel Calazans.

cljornal com informações da Secretaria da Educação do Estado

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS