Prefeito homenageia jornalista, escritor, ex-secretário e educador Anchieta Nery

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email
Saudades Anchieta

Educador por vocação e excelência, o nome emblemático do jornalista e professor de Literatura Brasileira IV, Manoel Anchieta Nery de Souza, ou simplesmente Anchieta Nery, como era mais conhecido, que durante três décadas ensinou aos futuros professores formados pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) não somente os conhecimentos didáticos curriculares, mas também valores éticos, morais e sociais, se completa agora como referência também para os primeiros passos na educação formal de crianças, ao emprestar seu nome ao moderno Centro Municipal de Educação Infantil implantado pelo Governo Municipal no bairro Mangabeira.

Uma justa homenagem do prefeito José Ronaldo de Carvalho.

O equipamento, construído em área ampla e local estratégico próximo às unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida, foi entregue pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho à comunidade, na noite de sexta-feira, 19. E dentre os presentes, a mãe do patrono, Carmelita Cruz, 87 anos, as duas filhas e netos.

Ao ressaltar a trajetória de Anchieta Nery, homem simples e que se desenvolveu através da educação, inclusive tendo sido secretário de Comunicação Social e também de Cultura, Esporte e Lazer em seus governos, o prefeito José Ronaldo observou que somente através da educação se muda o mundo.

“Era um homem fiel, sincero e amoroso”, afirmou, ao citar algumas de suas inúmeras qualidades e lembrar que ele também fazia opção por estar cercado por pessoas de caráter, se referindo ao repórter-fotográfico Sílvio Tito como “menino de ouro e sincero”.

Filha do homenageado, Maiana Nery, que esteve acompanhada da irmã Maira, ressaltou a satisfação de ver seu pai sendo homenageado com a denominação da escola. E lembrou que sua morte foi precoce, aos 58 anos, mas tempo suficiente para deixa o legado de ética e amor.

Para o deputado estadual Carlos Geilson, que foi seu aluno na UEFS, o jornalista e educador deixou um forte legado. “Ele não me transformou em ator de teatro, mas em um aluno aplicado”, frisou.

Já o vice-prefeito Luciano Ribeiro observou que não existe povo desenvolvido que não seja através da educação  e destacou o compromisso do prefeito José Ronaldo de investir em seu governo na área de educação pública de qualidade.

Enquanto isso o vereador Lulinha de Jesus informou sobre a rotina do governo municipal de promover inaugurações quase que diariamente. “Esta escola demonstra a preocupação do prefeito com a educação”.

A mesma opinião é da secretária de Educação, Jaiana Ribeiro. Ela informou que a escola atenderá crianças de 1 a 5 anos com educação infantil. “Isso é fruto da dedicação deste governo”.

E a diretora da unidade escolar, Lívia Moura Almeida, explica que a escola vem valorizar a educação infantil com a formação do cidadão, acrescentando qualidade de vida para criança e seus familiares.

Quem foi Anchieta Nery

E, mais que uma nova escola, se torna um novo divisor de águas, dando oportunidade de desenvolvimento às crianças de famílias carentes, através de educação de qualidade.

Natural da pequena cidade de Rodelas, no sertão de São Francisco, Anchieta Nery adotou Feira de Santana como cidade mãe ao vir para a Princesa do Sertão com o firme propósito de ingressar em uma universidade, onde estudou e, mais tarde, além de realizar este sonho, também se tornou professor titular.

Durante sua vida profissional, Anchieta Nery, que faleceu em 30 de abril de 2015, aos 58 anos, também abraçou o jornalismo, tendo sido editor-chefe do extinto Jornal Feira Hoje, se tornando referência e um dos mais atuantes profissionais da área. Era também amante da arte e da cultura, expressões que canalizava através do teatro, onde incentivou talentos e escreveu importantes peças teatrais, assim como poesias, que fluíam do âmago de sua alma e sintetizavam seu amor ao próximo.

E o reconhecimento natural pela paixão por Feira de Santana veio com o título de Cidadão Feirense, concedido pela Câmara Municipal em 2009, como uma nova certidão de nascimento, concedida por uma cidade que abraçava seu filho.

Com estas qualificações, Anchieta Nery se tornou secretário de Comunicação e também de Cultura, Esporte e Lazer, em governos do prefeito José Ronaldo de Carvalho.

João Batista Cruz/Secom

OUTRAS NOTÍCIAS