Após perder o pai e o avô por coronavírus, Montillo tem a mãe infectada pela Covid-19

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

O drama familiar de Walter Montillo, ex-Botafogo, Cruzeiro e Santos, parece não ter fim. Depois de perder o pai e o avô para o coronavírus no início do mês, o meia da Universidad de Chile agora teve a sua mãe diagnosticada com a Covid-19.

A informação é do canal argentino “TyC Sports”. Marta está internada no Instituto Médico Brandsen, na cidade de Lanús, e havia sido isolada preventivamente por ter tido contato próximo com o marido, Walter Óscar, de 60 anos. Mesmo assim, ela não conseguiu evitar o contágio.

Segundo o canal de TV, o hospital divulgou um boletim médico da paciente e tranquilizou os familiares ao informar que, felizmente, Marta “esta assintomática e de boa saúde”.

O pai de Montillo morreu vítima do novo coronavírus no dia 7 de abril, após ser internado com graves problemas respiratórios. Alguns dias antes, seu Óscar, de 91 anos, avô do atleta, também veio a óbito dias antes também em função de problemas respiratórios. O jogador usou seu perfil no Instagram para fazer uma postagem especial ao pai:

“Lembrar de você com esse sorriso é o melhor que todos podemos fazer. Vivemos momentos bonitos e outros nem tanto. Talvez não tivéssemos a capacidade de melhorar nosso relacionamento do que era nos últimos tempos. Eu sei que você verá esta mensagem em algum lugar. Sempre lembrarei e agradeço por incutir honestidade e trabalho desde tenra idade. Espero que você possa encontrar a paz onde quer que esteja. Aqui embaixo há muitas pessoas que sentirão muita falta de você. Eu sempre vou te amar!!”, escreveu o meia argentino.

EXTRA

 

 

OUTRAS NOTÍCIAS