Após derrota, técnico croata dispara contra árbitro: ‘Foi ridículo’

Se o treinador do Brasil Luiz Felipe Scolari considerou pênalti sobre o Fred, no lance que originou o segundo gol brasileiro na vitória sobre a Croácia, o técnico da equipe europeu Niko Kovac ficou visivelmente irritado e insatisfeito com a decisão do árbitro que, de acordo com ele, o prejudicou.
 
Niko Kovac reclamou do pênalti marcado e disse que não viu falta sobre o camisa 9 brasileiro.
“Se alguém viu pênalti em qualquer lugar do estádio, que levante a mão. Eu não consigo levantar a mão. Não acredito que aquilo tenha sido pênalti. É ridículo. Infelizmente, o árbitro estava fora de sua categoria”, bradou.
A série de queixas do treinador croata sobre a atuação do japonês Yuichi Nishimura continuou: 
“O slogan da Fifa é de respeito. Temos que respeitar os dois times. Isso foi ridículo. Se continuar assim, vai virar um circo. Eu preciso dizer isso e espero que as coisas melhorem”, declarou.
Sobre o jogo, o técnico croata considerou o placar justo apesar que, para ele, o árbitro foi determinante no resultado do Estádio Itaquerão.
“Foi uma vitória justa do Brasil, é preciso reconhecer. E o Brasil não precisa de nenhuma ajuda, está cheio de jogadores excelentes, e eles não têm culpa da arbitragem”, ponderou.

Fonte: AFP/ Foto: web.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS