Brasil e Bolívia jogarão por Kevin

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

O presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), José Maria Marin, confirmou o amistoso entre Brasil e Bolívia para o dia 6 de abril, em Santa Cruz de La Sierra. A renda da partida será revertida para a família do jovem boliviano Kevin Espada, que morreu após ser atingido por um sinalizador atirado por um torcedor do Corinthians, no jogo de estreia do time paulista na atual edição da Copa Libertadores, contra o San Jose-BOL.

“A melhor maneira de prestar solidariedade a esse menino é a seleção jogar na Bolívia graciosamente, com renda total ao menor”, disse Marin ao canal Bandsports. No fim de fevereiro, um comunicado emitido pela Federação Boliviana de Futebol confirmou o amistoso.

“Recebi uma ótima notícia. Confirmaram o amistoso e o compromisso da CBF com a Bolívia para que, pela primeira vez, o Brasil venha para cá jogar um amistoso. Isso é um ótimo indicador para o futebol boliviano. A Seleção é administrada por uma empresa grande e que cobra um milhão de dólares (R$ 1,9 milhão) por jogo. Neste caso, no entanto, abrirá mão de receber esse dinheiro”, dizia o texto assinado por Carlos Chávez, presidente da entidade máxima do futebol boliviano.

Fonte: Redação / Gazeta Esportiva

OUTRAS NOTÍCIAS