Jogador usou cocaína, confirma exame antidoping

O atacante Michael, do Fluminense, foi pego no exame antidoping por ter encontrado na urina do jogador, a substância cocaína, após a partida contra o Resende. O atleta, de 20 anos, é o segundo caso de doping do Tricolor neste ano, o primeiro foi Deco, que foi flagrado pelo uso da substância furosemida (um tipo de diurético) no último dia 30 de abril. A contraprova já confirmou o primeiro teste, e o atleta será suspenso preventivamente.

Após a confirmação, o diretor executivo do Fluminense, Rodrigo Caetano e o vice de futebol, Sandro Lima realizaram uma entrevista coletiva para falar sobre o assunto. Sandrão lamentou o ocorrido e disse que o clube foi pego desprevenido com o doping.

Rodrigo Caetano afirmou que o próprio Michael confirmou que fez uso da droga. O dirigente disse que a postura do clube será de proteção e de auxílio ao atleta tanto dentro quanto fora das quatro linhas.

Fonte: Redação

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS