Marcelinho diz que não renuncia

Além de anunciar as contratações do treinador Cristovão Borges e do novo diretor de futebol, Anderson Barros, o presidente do Bahia, Marcelo Guimarães Filho, aproveitou a entrevista coletiva para comentar a atual crise administrativa que enfrenta o clube.

Na sala de imprensa do Fazendão, na tarde desta sexta-feira (17), o mandatário tricolor pregou o discurso de tranquilidade e negou a possibilidade de renunciar ao cargo de presidente do Esporte Clube Bahia.

– Não existe chance alguma de renunciar. Encaro os protestos e movimentos com muita serenidade. Temos que ter calma para trabalhar – garantiu.

Marcelinho, que admitiu estar em negociações com o ex-jogador do Corinthians, William, para ser o novo superintendente de futebol, não descartou novas dispensas dentro do elenco tricolor, quando questionado sobre o futuro de jogadores como Titi e Souza.

Mas, de acordo com o dirigente, a decisão a partir de agora terá que passar pelo aval do novo treinador e diretor de futebol.

– Nosso objetivo era tratar primeiro da mudança no departamento de futebol. Depois ajeitar a questão do elenco. Não há privilégio, proteção e muito menos caça às bruxas com nenhum jogador. A gente está buscando o melhor para o clube no que se refere aos jogadores – comentou.

Fonte: Bahia Notícias

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS