Messi desiste de jogo com Neymar por causa de familiares expulsos

O amistoso entre amigos de Messi e amigos de Neymar, disputado na última terça-feira em Lima, no Peru, teve um episódio desagradável perto do fim, segundo o jornal espanhol El Mundo Deportivo. A publicação afirma que Lionel Messi se revoltou com o tratamento dispensado pela polícia peruana a seus familiares e aos de outros jogadores, e por isso pediu substituição aos 21min do segundo tempo, abandonando o estádio sem ao menos tomar banho.
O motivo da irritação do argentino teria sido a expulsão de dois de seus irmãos, além do pai de Neymar e dos filhos do zagueiro colombiano Mario Yepes. Os familiares dos atletas estavam assistindo à partida do banco de reservas, mas o técnico Fabio Capello, que comandou o time de Messi, teria pedido que eles mudassem de lugar. A polícia local, porém, os retirou do estádio.
Ao invés de buscar um novo local para que os parentes dos jogadores vissem o jogo, os policiais escoltaram todos para a rua. Segundo a rádio local RPP Noticias, houve protestos por parte dos familiares, mas a polícia agiu com rigor e não deixou que eles voltassem.
Dentro de campo, a partida terminou com vitória por 8 a 5 da equipe de Messi. O argentino marcou dois gols, mesma quantidade de Neymar – que fez a jogada mais bonita da partida, um gol de cobertura do meio de campo sobre o goleiro uruguaio Fernando Muslera.

Fonte: Redação

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS