Neymar comemora estreia no Barcelona e pede tempo para adaptação

Neymar deixou para trás a ansiedade da estreia com a camisa do Barcelona nesta terça-feira (30), ao atuar por 15 minutos no empate por 2 a 2 em amistoso diante do Lechia Gdansk, na Polônia. Feliz pela primeira partida no clube espanhol, o atacante brasileiro comemorou o “sonho realizado” por vestir a nova camisa, mas admitiu que ainda precisa de tempo para entrar em forma e se adaptar melhor, antes de ser o jogador que encantou o mundo pelo Santos.

 

“Estou contente por estrear, é um orgulho muito grande pode jogar no Barcelona. Ainda necessito um pouco mais de tempo para me adaptar e entrar em forma”, declarou o astro brasileiro de 21 anos, que foi contratado no final de maio e se juntou ao elenco apenas na segunda-feira – ganhou uns dias a mais de descanso por ter disputado a Copa das Confederações.

 

Apesar de a estreia oficial ter acontecido nesta terça-feira, será diante do Santos, no torneio amistoso Troféu Joan Gamper, sexta, no Camp Nou, que Neymar deverá ter a real oportunidade de mostrar seu futebol pelo Barcelona. Ele deverá, inclusive, ser titular da equipe catalã diante de seu ex-clube, que enfrentará pela primeira vez.

 

Mesmo tendo ficado em campo por apenas 15 minutos no amistoso na Polônia, Neymar comentou sobre o alívio de ter atuado. “Quando entrei, dei graças a Deus. É um grande orgulho poder jogar aqui. Vai ser estranho, diferente jogar contra o Santos, mas agora estou defendendo o Barcelona”, apontou. Até pela ansiedade da estreia, Neymar buscou bastante o jogo nesta terça-feira e, mesmo sem muita efetividade, distribuiu dribles e toques de efeito, o que irritou alguns zagueiros adversários. “As entradas foram um pouco fortes, mas está tudo bem, nenhuma me causou dano”, afirmou.

 

O que Neymar não conseguiu diante do Lechia Gdansk foi realizar o sonho de atuar ao lado de Lionel Messi, já que o argentino foi substituído poucos minutos antes de sua entrada em campo. “Me sinto muito bem com ele (Messi). É um ídolo para mim e me sinto feliz por poder jogador com ele. É um grande jogador, uma grande pessoa, e quero ajudar-lhe para seguir dando alegrias ao Barça”, disse o astro brasileiro.

 

 

 

 

Fonte: Correio

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS