Tempo - Tutiempo.net

O Brasil terá o atleta mais novo dos Jogos Paralímpicos

Esquiador brasileiro de 15 anos é o atleta mais novo da Paralimpíada em PyeongChang

O Brasil terá o atleta mais novo dos Jogos Paralímpicos de PyeongChang. Com apenas 15 anos, Cristian Ribera, da pequena Cerejeiras, no interior de Rondônia, disputará o esqui cross-country.

O menino nasceu com artrogripose, uma doença congênita rara que afeta as articulações das extremidades. Após realizar 21 cirurgias de correção nas pernas, ele integrará a delegação brasileira e fará história para o país na Coreia do Sul.

É um sonho estar nos Jogos. Tive boas performances nas últimas competições e a minha ideia é evoluir mais e melhorar as minhas marcas. A medalha é muito difícil, claro, mas não impossível. Imagine que para um menino de Rondônia estar na neve era impossível. E aqui estou eu – declarou Ribera.

Após deixar Cerejeiras, localizada a 730km da capital Porto Velho, para morar em São Paulo em busca de tratamento para sua doença, ele conheceu o esporte logo cedo, aos 4 anos de idade. E passou por natação,tênis, capoeira e atletismo antes de se “descobrir” no esqui cross-country.

A modalidade foi apresentada a ele há três anos, após uma parceria da Confederação Brasileira de Desportos na Neve (CBDN) com a Fundação Agitos, braço desenvolvedor do Comitê Paralímpico Internacional (IPC) para difundir e fomentar a prática da modalidade no país.

Em PyeongChang, Cristian disputará três provas individuais – 15km (dia 10), 1,1km (dia 13) e 7,5km (dia 17) – e um revezamento ao lado de Aline Rocha, também no dia 17.

Esportes
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS