Parcelamento de dívidas com União tem adesão de 111 clubes de futebol

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email
111 clubes de futebol parcelam dívidas

Com o prazo de adesão encerrado segunda-feira (30), o Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro (Profut) teve a adesão de 111 entidades esportivas, informou a Receita Federal. Os clubes agora têm até o dia 18 para indicar que dívidas pretendem parcelar.

Aprovado em julho pelo Congresso Nacional e sancionado no fim de agosto, o Profut permite o parcelamento de dívidas tributárias e não tributárias de dívidas de clubes de futebol com a União em até 240 meses (20 anos). Em troca, as entidades esportivas precisam adotar critérios de transparência, de equilíbrio financeiro e de melhoria de gestão, como fixar mandato de quatro anos para os cargos eletivos de direção e publicação na internet de prestação de contas com auditoria independente.

De acordo com a Receita Federal, as entidades que aderiram ao programa têm dívidas estimadas em R$ 3,83 bilhões com o Fisco e a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. No entanto, não necessariamente o total desses débitos será renegociado.

Para permanecer no programa, os clubes precisam ficar em dia com as obrigações fiscais e trabalhistas. Caso algum clube deixe de pagar três parcelas, será excluído do parcelamento e não poderá ter acesso a benefícios de incentivo fiscal da União.

Wellton Máximo

OUTRAS NOTÍCIAS