Piora o estado de saúde do ex-boxeador Maguila

No dia 28 de abril, Maguila deu entrada no Hospital Santa Casa de Misericórdia com um quadro de desidratação e com dificuldades para engolir. O ex-pugilista foi diagnosticado há quatro anos com Mal de Alzheimer e também sofre com demência pugilística, um trauma no cérebro muito comum entre ex-boxeadores.

 

Em maio, Maguila chegou a sofrer com uma pneumonia. Mas a doença foi tratada e, como não havia previsão de alta, ele foi transferido para o Hospital Geriátrico Dom Pedro II, que é administrado pela Santa Casa de Misericórdia.

O ex-campeão mundial dos pesos pesados enfrenta outros problemas além da pneumonia e desidratação que o levaram para os médicos. Segundo a revista Veja, Maguila está com um tumor no pulmão e sofre com uma infecção.

O tumor está no pulmão direito e mede 2,6 centímetros de largura e 2,1 de altura. Ainda não se sabe se o tumor é maligno ou benigno. O geriatra que está tratando Maguila é Renato Fabbri, que explica a piora no quadro do ex-pugilista:

 

– É um dos problemas típicos de uma internação de longa duração. A imunidade mais baixa permite o ataque de doenças oportunistas. Já vi pacientes com casos mais graves voltando para casa, mas isso depende de certa infraestrutura na residência, que precisa ter um esquema de home care, com equipe de enfermeiros e uma nutricionista, entre outras coisas – explicou o geriatra.

A última vez que Maguila apareceu em público foi no dia 20 de abril, no enterro do narrador Luciano do Valle.

José Adílson “Maguila” Rodrigues está com 56 anos e deixou os ringues em 2000, com 77 vitórias, 61 delas por nocaute, em 85 lutas. Depois de se aposentar, ele gravou um CD de samba e tentou se eleger, sem sucesso, deputado federal. Ele e a esposa são responsáveis por uma organização não governamental.

Fonte: Redação/Globo Esportes/Veja

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS