Problemas financeiros faz presidente do Flamengo aumentar ingressos

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

 

Segundo o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, o clube precisou aumentar o preço de seus ingressos para tentar superar um momento financeiro complicado. Além disso, o mandatário destacou que essa renda será essencial para a permanencia de Elias.

 

“Na verdade, o preço mais barato é zero, porque nós teremos 15 mil gratuidades. Depois vem o sócio-torcedor, que vai pagar meia-entrada a R$ 75,00 e depois aumenta um pouco. É claro que a gente sabe que o preço é alto e que muitos torcedores vão ter dificuldades para comprar, como sempre tiveram. Mas eu tenho certeza que eles vão entender que isso é um esforço que o Flamengo está fazendo”, afirmou.

 

“Essa é última oportunidade de a gente arrecadar para equilibrar o furo de caixa que nós ainda temos. Nós vamos ter três jogos até o final da temporada (Corinthians, Atlético-PR e Cruzeiro), depois só em janeiro. Quem puder fazer esse sacrifício e pagar esse valor muito maior do que eles estão acostumados, vamos ficar muito gratos. Quem não tiver condições, vamos entender também. Estamos passando por dificuldades e precisamos da ajuda de todos”, disse ainda.

 

Os ingressos para torcedores comuns variam de R$ 250 a R$ 800 e para os sócios do clube entre R$ 150 e R$ 480. Segundo o mandatário, com a renda o clube pretende também tentar a contratação de Elias, um dos maiores destaques do elenco.

 

“É fundamental para a permanência do Elias que a gente faça caixa. É a nossa chance de fazer caixa sem pedir um empréstimo nesse final de ano é através da bilheteria. A torcida do Flamengo tem sido fantástica dentro e fora de campo, você não vê uma briga, o Flamengo não foi multado, não perdeu mando de campo, e acredito que ela vai continuar sendo o diferencial”, concluiu.

Fonte: Redação

OUTRAS NOTÍCIAS