Bahia gera 10.186 empregos formais em abril

No mês de abril deste ano, a Bahia contabilizou um saldo positivo de 10.186 postos de trabalho com carteira assinada, o que a levou à primeira posição entre os estados da Região Nordeste. O resultado é decorrente da expansão no emprego em todos os setores de atividade, principalmente nos de serviços (+2.969 postos), construção civil (+2.783) e da agropecuária (+2.297).
No acumulado do ano de 2013, a Bahia apresentou um saldo de emprego da ordem de 15.078 postos de trabalho, considerando a série ajustada, que incorpora as informações declaradas fora do prazo. Com este resultado, também se mantém na primeira colocação entre os estados do Nordeste em relação à criação de empregos, sendo, inclusive, um dos dois únicos a apresentar saldo positivo nos quatro primeiros meses de 2013.
De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), analisados pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia da Secretaria do Planejamento (Seplan), o saldo registrado em abril expressa a diferença entre o total de admissões (74.744 vagas) e desligamentos (64.558). E se situou em um patamar superior ao contabilizado em igual período do ano anterior (+7.847 vagas) e superior ao mês de março de 2013 (+375, sem considerar as declarações fora do prazo).
Já em relação às admissões e desligamentos, ambos ganharam força quando comparados ao mês anterior, quando foram admitidos 63.736 trabalhadores e demitidos 63.361 profissionais. Apenas cinco estados contaram com saldos positivos no período, além da Bahia – Ceará (+4.022 postos), Sergipe (+2.520 postos), Piauí (+1.324 postos) e Paraíba (+205 postos). Apresentaram saldos negativos o Maranhão (-736 postos), Rio Grande do Norte (-1.146 postos), Pernambuco (-4.357 postos) e Alagoas (-13.646 postos).

Fonte: Redação / Agecom

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS