Cadê as negras no Miss Bahia?

A jornalista Gabriela Quintela em seu blog nesta segunda-feira (13), aborda a discussão nas redes sociais sobre a escassez de negras no Miss Bahia. Ela diz: ” Na Bahia, Estado onde negros e pardos são maioria da população, as misses são brancas. Circula pelas redes sociais uma foto das 30 candidatas ao Miss Bahia 2013, e o que chama a atenção é a falta de negras. Já tem gente chamando a competição de “Miss Bahia Nórdica 2013”.
Segundo o sociólogo Roberto Izoton, infelizmente, muitos traços característicos dos negros são incorporados como feios. A respeito da polêmica no Miss Bahia 2013, ele destacou:
– Quem nunca escutou as expressões “nariz de batata”, “cabelo ruim”, “cabelo de pico”, “beiçola”, entre outras, em referência a pessoas negras? Isso é característica do racismo de marca vigente no Brasil, de acordo com (o sociólogo) Oracy Nogueira também é fruto de um padrão de beleza que valoriza a estética europeia, onde são consideradas lindas, por exemplo, mulheres brancas, com cabelos lisos e louros, olhos azuis e, preferencialmente, magras.

 

Em quase 60 anos do concurso Miss Brasil, apenas uma vez uma negra saiu campeã: a gaúcha Deise Nunes, em 1986

 

Fonte: Redação / Gabriela Quintela

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS