Tempo - Tutiempo.net

Construção da BA-649, Itabuna/Ilhéus, segue com 60% das obras já concluídas

O canteiro das obras

A construção da Rodovia BA-649, conectando as cidades de Itabuna e Ilhéus, atingiu aproximadamente 60% de conclusão, marcando um avanço significativo no plano do Governo do Estado da Bahia para aprimorar a mobilidade regional.

O trecho de 18 quilômetros ao longo do Rio Cachoeira desempenhará um papel crucial no desenvolvimento local, facilitando a mobilidade e influenciando setores econômicos-chave. A conclusão está prevista para o segundo semestre de 2024.

Com um investimento robusto de R$ 202 milhões, a construção da BA-649 moldará a dinâmica econômica e social da região, impulsionando turismo, comércio, indústria e serviços.

Cerca de 510 mil moradores serão diretamente beneficiados, consolidando o sul da Bahia cada vez mais como um polo econômico essencial.

Saulo Pontes, superintendente de Infraestrutura de Transportes da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), enfatizou que a obra cria novas perspectivas para o desenvolvimento industrial e comercial do Sul da Bahia: “com quatro pontes e o viaduto planejados, a rodovia promoverá uma conectividade mais efetiva em toda a região.

A construção do semi-anel Norte é um passo estratégico para ampliar as oportunidades de desenvolvimento. Este é um investimento planejado para catalisar não apenas o crescimento econômico, mas também a qualidade de vida para as pessoas”.

Anísio Freitas, proprietário de uma pousada em Ilhéus, expressou otimismo sobre o impacto da rodovia no setor hoteleiro: “a construção desta rodovia é uma notícia muito bem-vinda para o nosso negócio. A facilidade de acesso certamente atrairá mais turistas para Ilhéus, representando uma oportunidade significativa para o crescimento do setor hoteleiro”.

O projeto inclui a implementação de quatro pontes e um viaduto, visando não apenas facilitar o deslocamento entre as cidades, mas, também, aprimorar a conectividade regional.

A construção da BA-649 é uma esperança para uma mobilidade mais eficiente e menos estressante”.

Tácio Santos

OUTRAS NOTÍCIAS