CORRUPÇÃO DE GEDDEL VAI TER UM ANEXO EXCLUSIVO NA DELAÇÃO DA JBS

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email
Geddel Vieira Lima (PMDB-BA)

Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) será personagem principal de um dos anexos que executivos da JBS começam a entregar nesta semana à PGR (Procuradoria Geral da República) como complementação de seu acordo de delação premiada. O ex-ministro teria discutido com a empresa um projeto de anistia ao caixa dois.

O diretor jurídico da empresa, Francisco de Assis e Silva, diz no anexo que esteve várias vezes com Geddel em Brasília e chegou a entregar a ele o rascunho de um projeto de lei prevendo a anistia, o que livraria vários políticos de punição. Pelo texto, o caixa dois seria tratado como os crimes tributários -que, ao serem confessados, deixam de ser penalizados.

No ano passado, Geddel foi um dos primeiros políticos a vir a público defender abertamente a anistia ao caixa dois. Ele ainda era ministro da Secretaria de Governo de Michel Temer. O peemedebista, no entanto, sempre negou ter a intenção de querer “melar” a Lava Jato.

As informações são da coluna de Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo.

Leonardo Attuch

OUTRAS NOTÍCIAS