Fim da novela: metrô é do Estado

A partir de ontem  (22), o metrô de Salvador é patrimônio do Estado da Bahia. O prefeito ACM Neto (DEM) passou oficialmente para o governador Jaques Wagner (PT) a estrutura da chamada Linha 1, que tem 12 quilômetros de extensão e é dividida em duas etapas. O democrata entregou ao Estado também os trens do subúrbio, que vão de Paripe a Calçada.

O contrato do Programa de Viabilização do Metrô assinado ontem engloba ainda a Linha 2 do metrô, anunciada pelo governador no ano passado para ligar Salvador a Lauro de Freitas ao longo do canteiro central da Avenida Paralela. Márcio Paiva (PP), prefeito da cidade vizinha, também assinou o documento.

O valor da tarifação do bilhete único que se pretende instalar no sistema integrado com ônibus parece ter sido superado. Foi definido que a tarifa de integração entre o metrô e o sistema de ônibus de Salvador será de R$ 1,10. O contrato também estabelece que a administração da Estação Pirajá ficará sob a responsabilidade do governo estadual, enquanto a Estação da Lapa será administrada pela prefeitura.

ACM Neto reafirmou no evento a proximidade de a Prefeitura lançar a licitação do sistema de ônibus coletivos e da Estação da Lapa, que será entregue para administração da iniciativa privada.

Fonte: Redação / Brasil 247

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS